segunda-feira, 4 de julho de 2011

TEMPO DOS ANJOS de Anne Rice

Victor SouzaPor Victor Augusto de Souza


Que os vampiros me mordam, mas prefiro muito mais voar nas asas de um anjo.

Não há como não falar de Anne Rice quando falamos na atual mania de ficção- vampiros;  ela foi a pioneira ao inovar o conceito literário neste gênero.
Porém, a “rainha dos vampiros” inova mais uma vez ao escrever uma história onde um anjo é visto como um dos personagens principais. Sim caro lobo, um anjo.


  • Serviço:
  • Editora: Rocco
  • Autor: ANNE RICE
  • ISBN: 9788532526106
  • Origem: Nacional
  • Ano: 2010
  • Edição: 1
  • Número de páginas: 288
  • Acabamento: Brochura
  • Formato: Médio
  • Para comprar o livro, procure nas melhores livrarias ou compre por  aqui


O livro Tempo dos Anjos conta a história do problemático e encantador Toby O´Dare, sendo este personagem na minha visão encantador, pois, desde o começo do livro é retratado como um homem extremamente inteligente e perverso.
Toby possui o apelido de raposa  devido a sua habilidade de não deixar rastros e ninguém  nunca saber do seu passado;  o irônico anjo Malchian se apresenta ao assassino de aluguel após um grande ato criminoso. Toby a princípio acredita que isso não passa de algo de sua cabeça (sim ele também faz isso, assim como você), porém, o anjo continua a ficar visível para ele e por fim prova sua autenticidade ao mostrar o tenebroso e doloroso passado do seu protegido como se fosse simplesmente um filme da sessão da tarde.
Como modo a se redimir de seus pecados, Toby, recebe a missão de ajudar a salvar um casal de judeos acusados de assassinar uma de suas filhas. Para este missão, Toby volta ao tempo e se vê no século XII,  onde cristãos e judeus ainda estão aprendendo sobre liberdade religiosa.
Na grande maior parte do livro, Toby,  tenta salvar o casal acusado na Inglaterra. O desfecho do livro não irei contar para não retirar de você a mesma ânsia que tive para chegar  ao final deste livro.

Minha leitura para do Tempo dos Anjos foi lenta, o que habitualmente não costuma acontecer. 
Anne Rice segurando um terço, fazendo alusão a fé.
Demorei aproximadamente um mês para chegar ao seu fim. Meu intuito não é desistimular o futuro leitor passando a impressão de que o livro é ruim, porém, existem diversos tipos de leitura assim como existem vários tipos de vinhos,  este livro pede que seja apreciado e lido aos poucos, para que  não se tornar entediante.

Até a metade da história você se pergunta aonde estava com a cabeça na hora de comprar um livro que só fala de assasinato;  mas graças a Deus( desculpe a blasfêmia) o anjo entra na vida de Toby e a história engata, e se prepare para o final, te falo por experiência própria eu só não comecei a berrar de emoção ao chegar ao fim do livro porque estava dentro de um ônibus e estava chovendo! 

Admito que aguardo anciosamente a continuação deste livro.
A pouco mais de três meses tinha uma certa resistência para ficcção, porém, após ler o Lua das Fadas, O Portal e mais recentemente Tempo dos Anjos percebi que com estes livros consegui  relaxar minha mente, abrir meus horizontes, e aprender sobre os fatos da vida real por meio de histórias envolventes.

Bom, espero ter te passado uma boa impressão sobre o Tempo dos Anjos, um livro envolvente onde fé, morte e recomeços são narrados por um engraçado anjo.

Esta foi minha primeira contribuição para a Loboteca, espero ter disfarçado bem meu nervosismo de novato e agradado os lobos desta querida Alcatéia, conto que você faça uma deliciosa viagem ao ler o Tempo dos Anjos voltando no tempo e abrindo suas asas junto a Toby O´Dare.



5 comentários:

Helena disse...

Victor, meu querido, que delicia de texto, até eu estou com vontade de ler Anne Rice. Bjs no coração

Arthur Willians disse...

Eu adoro a Anne. Ganhei esse livro de presente em um amigo secreto, eu gostei bastante! Você chamou atenção para um fato que vale a pena ser comentado: é uma leitura demorada rs. Eu consigo visualizar o livro dividido em duas partes distintas: presente: envolvendo assassinatos, sangue e pecado. e o futuro representando a redenção.

Mas mesmo assim eu ainda prefiro as crônicas vampirescas. A sensualidade e decadência dos vampiros me fascinam.

Parabéns pelo post. =D

Victor Augusto de Souza disse...

Ueba!
Fico feliz que tenham gostado da resenha.
Helana obrigado por ter comentado no texto. Leia que você irá gostar!
Arthur, realmente é bem isso que você falou, sobre o passado e o futuro.

Obrigado!

Carol disse...

Ótima resenha Victor!!
Seja bem vindo ao Loboteca. Espero ainda ver muitos textos maravilhosos como esse por aqui.
Eu não tinha muita vontade de ler esse livro mas você me fez mudar de ideia. Esse é poder de uma boa resenha.
Bjs.

Victor Augusto de Souza disse...

Ai meu Deus!
A linda e talentosa Carol falando que gostou da resenha, é o mesmo do que falar para uma criança que irá ganhar um presente, rs!
Obrigado Carol! Eu comprei meio que por impulso este livro mas acabei gostando.
Obrigado por comentar
Bjos!